quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Folha de coca

Não raro, vejo pessoas mascando folhas de coca em Santa Cruz.

Tá bom, isso aqui é normal e faz parte da cultura. Os peruanos, a exemplo dos boliviânus, fazem o mesmo. É milenar.

O grande problema é que a coca, cujo nome científico é Erythroxylum coca é usada não somente com fins culturais, mas sim, em muitos casos, como droga, através da transformação em cocaína. Esta cocaína é enviada a todo mundo, inclusive ao Brasil. Este, aliás, é, além de consumidor, rota do tráfico para distribuição ao restante do mundo. O que pouca gente sabe, e isso é curioso, na Bolívia pouco se consome a cocaína. Sim, o mercao interno boliviano é da folha da coca, ou, como dizem os que falam "quichua" Kuka. A kuka é mascada nas ruas normalmente, principalmente daqueles cujas raízes indígenas estão mais presentes (deve-se lembrar que mais de 80% da população boliviana é indígena, porém, a maioria, culturalmente, vive como aqueles que não são). É comum pegar taxi e o taxista estar mascando coca ou entrar num micro ônibus e o maestro (motorista) consumindo seu produto. Enquanto mascam, se mantêm com uma grande quantidade na boca, formando um desnível na bochecha, como faz o Kiko do Chaves, só que unilateral.




Nunca o fiz, mas antes de me formar, o farei. Mascarei umas folhinhas de coca pra ver como é. Dizem que o efeito é similar ao da cafeina, por suas propriedades estimulantes. Se for só isso, fico com o café, se não for, volto pra contar como foi.



Evo Morales


No mais, Evo Morales briga com a ONU para excluir a folha de coca das substâncias proibidas internacionalmente. Acho que nesse ponto ele tem razão. O que tem que se combater mesmo é tráfico internacional de drogas e o uso da cocaína, principalmente entre os filhos dos chanceleres da ONU.


E por falar em Evo, faz tempo que ele não soltou mais nenhuma graça. Lembro quando ele falava que os frangos consumidos na Bolívia estavam, devido os hormônios que os criadores colocam para fazê-los crescer, deixando a população masculina afeminada e gay.






A briga, agora, é se Evo poderá ou não se candidatar pela terceira vez, modificando a Magna da Bolívia.






Porque vim estudar medicina na Bolívia.Clique e leia tudo!










Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...