sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Contrato, na íntegra, que a cubana assinou

Desde o primeiro dia que falei desse “Mais Médicos”, afirmei que se tratava de Caixa2 e que a Dilma abria uma poupança em Cuba para bancar sua reeleição. Isso estava mais do que na cara. Agora, com o contrato que a médica Ramona Rodriguez mostrou, tudo ficou ainda mais claro. Trata-se mesmo de caixa 2.

Lendo o contrato (abaixo), me chama atenção eles se referirem aos médicos cubanos como “Profesionales de la salud” e não como médicos. Estranho, não? Que muitos deles, por motivos matemáticos não são médicos está claro (uma ilha pequena como aquela com população de perto de 10 milhões ter 10 mil médicos a postos a ir trabalhar noutro país é uma fábrica de médicos), mas até no contrato deles não vem especificado tal formação!? Que porra é essa?

Ano de eleição; são bilhões de reais enviados a ilha de Fidel em troca do que eles chamam de “Profesionales de la salud” e que retornarão as mão enrugadas da Dilma e do Padilha. É o que eu acho.


Leiam o contrato (em espanhol):


Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...