domingo, 2 de agosto de 2015

Diário de um interno, parte 3

Faz tempo que não posto nada. A verdade é que ando meio sem tempo e tenho mesmo que dar total prioridade aos estudos (e ao whatsapp, rs).

Bom, finalmente terminei pediatria e O QUE APRENDI?

Sinceramente, de verdade, com toda clareza? Não aprendi quase nada de medicina de verdade. Aprendi basicamente a fazer serviço de enfermagem. Raras foram as situações aonde discutiam-se os casos ou nos ensinavam alguma coisa. O interno, ao menos em minha experiência, servia como mão de obra gratuita. Uma pena, por se tratar de um grande hospital e cheio de casos interessantes. Sai frustrado.

Terminei pediatria já emendei com ginecologia e obstetrícia. Nem um diazinho de folga :(.  São mais três meses de rotação, agora na maternidade. Trata-se de um hospital de terceiro nível onde aparece uma diversidade grande de casos de GO e venho tendo oportunidade de ver várias coisas diferentes. Desde trabalhos de parto sem nenhuma complicação até casos de cesarianas de urgência.

Os plantões nesta maternidade são um caos total. É apenas um plantão de 30 horas a cada 4 dias. Antes era a cada 2, isso sem contar que entre os plantões tenho que ir das 6 as 17h. Venho aprendendo bastante; fiz alguns partos, curetagem e etc. Achei os residentes da GO mais legais que os da Pediatria e os plantonistas são meio estrelinhas. Dentre os plantonistas, se destaca o Dr Lazcano, cara muito gente boa e que ama o que faz. Esse cara uma vez costurou a boca numa greve. Muito foda... hahah

Dr Leopoldo Lazcano Costurando a boca



No mais, sigo o caminho da formatura. Um dia eu acabo, rs.

E quando eu tiver mais novidades volto pra contar.
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...