sexta-feira, 16 de maio de 2014

Polícia na rua, Alerta aos ilegais - G-77

Nos dias 14 e 15 de junho de 2014 acontecerá o G-77 + China, em Santa Cruz de la Sierra, Bolívia.

Com isso, há um enorme efetivo de policiais nas ruas, de frente a

hipermercados, nas feiras, no centro e em toda parte. Até o exército está na Rua. Desta forma, a tal INTERPOL (que não é a Interpol, a Polícia Internacional) está abordando sistematicamente qualquer um que tenha cara de estrangeiro, mais fortemente, quem tem cara de brasileiro.

Quem não tem visto ou quem não porta documentos de identidade, corre o sério risco de ser detido. Na última quarta-feira, detiveram 14 brasileiros que não portavam documentos de identificação.

Até o Consulado Brasileiro em Santa Cruz (abaixo) anunciou em uma rede social um “alerta” aos brasileiros mais desavisados para que não saiam sem portar documentos de identificação.




Tem polícia por todo canto. 7º anillo perto da Ucebol, Urbanização Cotoca e Supermercado Fidalga, perto da Ecológica e de frente a quase todas as universidades onde tem muito brasileiro.

Sabe o que é? O brasileiro estudante de medicina deve representar algum tipo de ameaça a segurança nacional e do evento para a polícia ir para frente as universidades onde só tem universitários tupiniquins, ficar abordando e levando os “suspeitos” à delegacia. Analogicamente, é como se, com a Copa do Mundo, a Polícia Federal brasileira ficasse atrás dos mais de 200 mil ilegais bolivianos que tem em São Paulo. Aliás, lá nem são chamados de ilegais, são gentilmente chamados de “indocumentados”. Aqui, sim, quem não tem visto é categoricamente taxado de ilegal.

Mas, pô, vamos fazer esse documento, povo. Ficar ilegal na Bolívia (se fosse nos EUA pelo menos) é o fim.

No mais, fica o alerta; principalmente com os falsos policiais (leia aqui sobre) que costumam extorquir ou assaltar brasileiros vulneráveis. Olhos abertos e vamos denunciar os abusos!


Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...